Sinopse

Na temporada em que a CNB comemora o seu quadragésimo aniversário, impunha-se a estreia de La Bayadère na sua versão integral, por ser este o último grande clássico que faltava no seu reportório.
A história, com quase 140 anos e com libreto de Sergei Khudekov, relata os amores, desencontros, traição e ciúmes de um rajá, um guerreiro, uma princesa, um faquir, um alto sacerdote hindu e uma bailadeira do templo (bayadère).
A Índia e as montanhas dos Himalaias são o cenário onde se desenrola a ação. Estreado em S. Petersburgo no final do século dezanove, pela mão de Marius Petipa, o bailado evoca uma Índia onde cabem véus de odaliscas, tutus clássicos, faquires, bugigangas, valsas europeias e todos os ingredientes que o esplendor da Rússia Imperial e o gosto pelo exótico da altura podiam imaginar à distância.
Os relatos de viagem pela Rota da Seda de Marco Polo que, por essa altura, tinham passado de histórias fantásticas a quase confirmações científicas, inflamavam ainda mais a imaginação e reproduziam em casa e com o que havia à mão as culturas para “além da Taprobana”. Um dos atos, o das Sombras, porventura o grande exemplo do classicismo académico da dança, é, apesar da sua simplicidade estrutural, de uma enorme dificuldade técnica para o corpo baile feminino. Todo ele é deslizante, hipnótico, de beleza celestial, talvez não tenha sido por acaso que é precisamente com ele, que no guião, se atinge o Nirvana. É na consciência desta maravilhosa ambiguidade, que os criadores desta nova versão se propõem recriar La Bayadère – num tempo em que parece sabermos quase tudo, mas onde as narrativas sobre o “outro” continuam tão imaginadas, fascinantes e enigmáticas como talvez o tenham sido então.

VERSÃO INTEGRAL EM ESTREIA ABSOLUTA

Estreia absoluta
Teatro Maryinski, S. Petersburgo,
4 de fevereiro de 1887 [ou 23 de janeiro, segundo o calendário juliano]

Estreia Parcial CNB
(Ato das Sombras)
Teatro Municipal São Luiz, Lisboa, 12 de junho de 1987

Ficha Técnica

Fernando Duartecoreografia segundo Marius Petipa
Ludwig Minkusmúsica
Sergei Khudekovlibreto
José Capelacenografia
José António Tenente figurinos
Paulo Graçadesenho de luz
Bárbara Falcão Fernandes assistente de cenografia
António MVedição de imagem
Madalena Salgueiro e Maria José Correia xecução de adereços de cabeça e maquilhagem especial
Alunos da Escola Secundária Artística António Arroioexecução de adereços de cabeça
Artistas da Companhia Nacional de Bailadointerpretação
Orquestra de Câmara Portuguesa interpretação
Pedro Carneirodireção musical
Figurinos executados no atelier da CNB sob orientação da Mestra Paula Marinho
Atelier de Costura CNB, Setor de Costura do TNSC, Ana Paula Simaria, Maria José Santos, Maria Manuel Garcia, Micaela Larisch-design, Lda.execução de guarda-roupa

Elencos

DiaNikiya Solor Gamzatti
7 DEZ (Ensaio Geral) Isadora ValeroLourenço FerreiraTatiana Grenkova
8 DEZMiyu MatsuiCarlos PinillosFilipa de Castro
9 DEZMiyu MatsuiCarlos PinillosFilipa de Castro
10 DEZIsadora ValeroLourenço FerreiraTatiana Grenkova
11 DEZMiyu MatsuiCarlos PinillosFilipa de Castro
14 DEZ (Escolas)Isadora ValeroLourenço FerreiraTatiana Grenkova
15 DEZMiyu MatsuiCarlos PinillosFilipa de Castro
17 DEZMiyu MatsuiCarlos PinillosFilipa de Castro
18 DEZIsadora ValeroLourenço FerreiraTatiana Grenkova
21 DEZMiyu MatsuiCarlos PinillosFilipa de Castro
22 DEZMiyu Matsui Lourenço FerreiraTatiana Grenkova
23 DEZMiyu MatsuiCarlos PinillosFilipa de Castro

Ensaio Geral Solidário

ENSAIO GERAL SOLIDÁRIO
7 de dezembro 2016 às 21h

Através de um donativo a partir de 12 euros tem direito a um convite para assistir ao Ensaio Geral Solidário de LA BAYADÈRE , no dia 07 de dezembro, às 21h, no Teatro Camões, em Lisboa.

Ao contribuir para esta causa, será entregue um recibo de donativo, ao abrigo da Lei do Mecenato, para efeitos de dedução fiscal.


ANFQ – Associação Nacional de Fibrose Quística

‘Ajude-nos a respirar melhor’

A Fibrose Quística é uma doença genética hereditária rara que afeta cerca de 400 pessoas em Portugal, 70.000 em todo o mundo. A Fibrose Quística pode atingir diferentes órgãos mas afeta principalmente os pulmões, intestino, fígado, pele e pâncreas.
A ANFQ – Associação Nacional de Fibrose Quística é uma IPSS criada em 1996 com o objetivo de apoiar os pacientes e suas famílias, assim como promover a divulgação dos sintomas e cuidados associados à Fibrose Quística. A ANFQ é responsável pela aplicação da Tele Aula no Hospital de Santa Maria, a realização de várias Jornadas e Workshops sobre a Fibrose Quística e um apartamento de acolhimento destinado a pacientes e familiares nas suas deslocações para consultas ou internamentos em Lisboa.
Através de um donativo, a partir de 12 euros, a ANFQ  oferece um convite para assistir ao Ensaio Geral Solidário de LA BAYADÈRE, no dia 7 de dezembro, às 21h, no Teatro Camões.
Como fazer o donativo?
Para ganhar o seu convite por favor preencha o formulário ou envie um email para geral@anfq.pt. Pode entregar o seu donativo por transferência bancária. O convite digital será enviado para o seu e-mail.
• Transferência para o NIB PT50 0033 0000 0001 7386 1316 7
Para mais informações:
T: 217 993 837 (16h30-18h30 | Helena Salgado) | E-mail:  geral@anfq.pt e/ou  comunicacao@anfq.pt
O nosso muito obrigada!
ANFQ

Raízes – Associação de Apoio à Criança e ao Jovem (Raízes – AACJ)

Com a Companhia Nacional de Bailado a criar Raízes para o Futuro!

A Missão da Raízes-AACJ é promover a inclusão e a melhoria da qualidade de vida da população vulnerável ao risco social, em particular das crianças e jovens sem suporte familiar e/ou institucional adequado, através da dinamização de projetos e atividades que contribuam para a capacitação, a responsabilização e para a participação ativa de todos na sociedade.
Acreditamos nos jovens e no seu valor, e trabalhamos com eles nas grandes e pequenas coisas. No regresso à escola, na inscrição num curso profissional ou emprego, no aprender a controlar comportamentos agressivos, na melhoraria do vocabulário que usam, ou na relação que têm com os pais, amigos ou com a escola. Apoiamos os jovens a encontrar um ambiente positivo e seguro para crescerem saudáveis física e emocionalmente.
Ajudamos a criar novos caminhos, novos sonhos, novos futuros…
Através de um donativo, a partir de 12 euros, a Raízes – AACJ  oferece um convite para assistir ao Ensaio Geral Solidário de LA BAYADÈRE, no dia 7 de dezembro, às 21h, no Teatro Camões.
Como fazer o donativo?
• Transferência para o NIB : 0010 0000 34349410001 45  / IBAN:  PT50 0010 0000 3434 9410 0014 5
Para mais informações:
T: 21 752 20 50 | E-mail: geral@raizes.pt
O nosso muito obrigada!
Raízes – AACJ

SITE | FACEBOOK

 


Liga dos Amigos do Hospital de Dona Estefânia (LAHDE)

Dançar pelas crianças. Ajude a LIGA a dar mais conforto às crianças hospitalizadas.

A LAHDE é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) que depende  financeiramente de donativos e das contribuições dos seus sócios e mecenas. Foi criada para dar apoio às crianças assistidas pelo hospital, bem como às suas famílias, o trabalho desenvolvido pela LAHDE envolve ações pontuais e projetos a médio prazo, que contribuam para colmatar algumas lacunas deixadas pelo apoio oficial do hospital e promovam o conforto e autonomia das crianças e suas famílias.
É o veículo daqueles que, por gratidão ou altruísmo, apoia o hospital na dádiva específica como é o caso de equipamentos ou obras de melhoria de infraestruturas, ou no apoio genérico, em projetos mais abrangentes como um fundo de emergência para acorrer a situações inesperadas.
Apoia, ainda, as organizações de voluntariado a trabalhar paralelamente no hospital, na divulgação do seu trabalho, no encaminhamento de fundos e voluntários e no apoio institucional.
Como fazer o donativo?
Até dia 5 de dezembro pode fazer o seu donativo através de:
• Transferência bancária para PT50 0010 0000 5371 1610 0016 1 – Liga dos Amigos do Hospital de Dona Estefânia, com envio de comprovativo para ligadosamigoshde@gmail.com
• Presencialmente na sede da LAHDE no Hospital de Dona Estefânia (às 3.ª feiras e 5.ª feiras das 9h às 12h)
Para mais informações:
E-mail: ligadosamigoshde@gmail.com
O nosso muito obrigada!
Liga dos Amigos do Hospital de Dona Estefânia (LAHDE)

SITE | FACEBOOK

 


RE-FOOD 4 GOOD – Associação

Assista ao Ensaio Geral Solidário da CNB e ajude a Re-food Lumiar

VISÃO

Diariamente, toneladas de alimentos em perfeitas condições para a alimentação humana acabam no lixo, apesar de muitas pessoas se encontrarem em situação de carência.

A RE-FOOD VISA A CRIAÇÃO DE UM NOVO MUNDO, onde: todos têm a comida que precisam, todos os alimentos produzidos vão primeiramente alimentar pessoas, todos os cidadãos participam ativamente na gestão dos preciosos recursos comunitários e todos assumem o seu poder, o seu direito e a sua obrigação de transformar o mundo num lugar melhor.

A Re-food está totalmente voltado para a comunidade e opera a partir da própria comunidade, sem salários, com custos baixos e alta produtividade, não detendo bens ou investimentos que não sirvam a sua missão.
MISSÃO

Re-food tem a missão eco humanitária de resgatar comida excedentária, de parceiros responsáveis, em boas condições, distribuí-la com dignidade, rápido e localmente a todas as pessoas carenciadas e convidar toda a comunidade a participar nesta acção 100% voluntária.

VALORES
Igualdade – Todas as pessoas têm o direito a serem respeitadas e alimentadas.
Respeito – Baseamo-nos em relações humanas positivas, onde todos se respeitam. constituindo uma força visível e constante de benevolência na comunidade.
Inclusão – Acreditamos que todas as pessoas e os recursos são essenciais e que todos podem contribuir para uma comunidade mais solidária.
Sustentabilidade – Tentamos reduzir o impacto ambiental do nosso Movimento, respeitamos as pessoas na sua disponibilidade e procuramos a autossustentabilidade financeira a nível local, regional, nacional e internacional.

Optimismo – Acreditamos que com boa vontade e esforço organizado, é possível acabar com o desperdício alimentar e com a fome no mundo.

Como fazer o donativo?
Os convites serão entregues presencialmente ou enviados por email

• Transferência bancária para PT50 0036 0039 99100314457 77

Para mais informações:

Tlm. 967 362 844 (todos os dias úteis entre as 18h30 e as 22h30) | E-mail:  refood.lumiar.apoiocomunitario@gmail.com

O nosso muito obrigada!
RE-FOOD 4 GOOD – Associação

SITE | FACEBOOK

 


APOIOS
 

Biblioteca Digital

Imprensa

NEGÓCIOS
La Bayadère: Em pontas até à Índia por Wilson Ledo